14 fevereiro 2012

ESTUDANDO

Classes de Hormônios:


 

Proteicos:

                    HIPÓFISE

TSH

                    TIREÓIDE

    A via de ação de um hormônio proteico ocorre por meio de dois mensageiros:

    I - Mensageiro é o próprio hormônio, neste caso o TSH.

TSH oriundo de uma informação da hipófise entra na célula através de receptores específicos. Ao entrar na célula ocorre uma série de reações químicas, dentre estas o ATP será convertido em AMP cíclico.



 




 



 


 


 


 

    II – Mensageiro é o AMP cíclico que realizará a comunicação interna da célula, para secretar a Tiroxina – T4 ou Tiroiodotironina – T3.


 

Esteroides:

    São hormônios lipossolúveis que penetram na membrana e ativam o DNA, proteínas que provocam efeitos específicos da célula-alvo.

Ex: célula da mama.

DESENVOLVIMENTO DA CÉLULA.


 


 


 


 

    

REGULAÇÃO HORMONAL

*Retroalimentação (feedback) negativo


 

Diminuição do nível de glicose no sangue (captação de glicose pelas células)


 

Estímulo:

Elevação do nível de glicose no sangue (após refeições)

PRODUÇÃO DE INSULINA



 


 

     Feedback negativo


 


 

EIXO HIPOTÁLAMO-HIPÓFISE


 

Hipotálamo


 


Hipófise


 

LH FSH


 

Ovário


 

FSH – Hormônio folículo estimulante. produção de estrógeno. {No útero na fase folicular: aumenta a espessura do endométrio, aumenta a tortuosidade glandular, aumenta o número de glândulas, aumenta a pseudoestratificação do endotélio, aumento da hipercromia nuclear (DNA).Nas mamas desenvolve o estroma mamário, sistema de ductos, deposição de gordura e crescimento da mama.No esqueleto aumenta a atividade osteoblástica, une as epífises com diáfises.Na menopausa: atividade osteoclástica – osteoporoseNo geral: aumenta proteína corporal total, crescimento de pêlos pubianos e axilares, estimula androgênios da supra-renal. A pele fica mais macia e lisa, aumenta a vascularização e temperatura. Retém água e sódio pelos túbulos renais}.

LH – Hormônio Luteinizante. Produção de progesterona. {Ovulação. Formação do corpo lúte, Promove alterações secretoras no endométrio, diminui contrações uterinas. Aumenta a secreção do revestimento das tubas, dá nutrição ao ovo. Desenvolve lóbulos e alvéolos, aumenta o volume das mama}.

Fisiologia do ciclo menstrual

Hormônios de liberação hipotalâmica = GnRH (hormônio de liberação das gonadotropinas).

Ação Biológica: ação pulsátil, o que faz com que o ciclo ocorra. A modificação do seu pulso e amplitude é que determina o feedback negativo do ciclo.

Hormônios sexuais da Hipófise Anterior: FSH e LH

Hormônios ovarianos: Estrógeno e Progesterona


 

Folicular: Dura em torno de 14 dias (pode variar). No início não há nenhum folículo maduro ou corpo lúteo. As concentrações de Estrógeno e Progesterona são mínimas. Por isso o hipotálamo não recebe sinal inibitório para bloquar o GnRH. Então o GnRh é secretado e estimula a secreção de FSH e LH pela hipófise. FSH estimula desenvolvimento de 12 a 14 folículos ovarianos primários. Estes são circundados por células granulosas que secretam liquido que depois se expande e forma um antro que circunda o ovócito, liquido este rico em estrogênio. O LH e FSH e estrogênio


 


 


 

Nenhum comentário:

Postar um comentário